Ah Trollei! - Seu blog de entretenimento

20 curiosidades sobre o WhatsApp que talvez você não saiba

O aplicativo “queridinho” dos brasileiros tem alguns fatos e números interessantes que fazem parte de sua história.

Quando você troca de smartphone, qual é o primeiro aplicativo que você instala? Se fosse preciso chutar, eu apostaria no WhatsApp. É raro ver alguém que tenha um smartphone e não use o aplicativo para trocar mensagens, fotos, vídeos e, mais recentemente, fazer chamadas de voz.
Fui pesquisar algumas curiosidades sobre o aplicativo. Algumas você deve saber. Outras, eu espero, vão te deixar surpreso. Vamos a elas:
1. O Facebook comprou o WhatsApp, criado em 2010, no ano passado. Pagou por ele US$ 22 bilhões, algo como metade do valor de mercado da Petrobras…
2. … ou 22 vezes o que Mark Zuckerberg pagou pelo aplicativo Instagram, em 2012. Foi uma pechincha!
3. O fundador do WhatsApp, Jan Koum, concorreu a uma vaga no Facebook em 2008, mas não foi aprovado.
4. Meses antes da oferta do Facebook, Koum recusou US$ 10 bilhões do Google.
5. Mark Zuckerberg precisou justificar aos americanos o caminhão de dinheiro destinado ao WhatsApp. Isso porque o aplicativo nunca fez tanto sucesso lá.
6. Os americanos se acostumaram a usar aplicativos de troca de mensagens dos próprios smartphones. Antes, com o BBM, do BlackBerry. Depois, com o iMessage, do iPhone. Ninguém pagava por SMS lá, como ocorria aqui e em outros países.
7. Em abril deste ano, o WhatsApp revelou ter 800 milhões de usuários no mundo.
8. Em outra estimativa, a empresa diz ganhar pouco mais de 1 milhão de usuários por dia. Quer dizer que em algum momento deste ano o aplicativo deve romper a barreira de 1 bilhão de usuários. 
9. A Índia é o país com maior número de usuários de WhatsApp no mundo. Pela estimava mais recente, o Brasil é o segundo, seguido de México, Alemanha e Espanha.
10. A China, maior mercado para quase tudo que existe no mundo, também não dá muita bola para o WhatsApp. Lá, a turma gosta de um concorrente chinês chamado WeChat. O WeChat tentou entrar no Brasil no ano passado, com uma campanha de marketing faraônica, mas não conseguiu vencer o WhatsApp.
11. O WhatsApp foi o aplicativo mais baixado no Brasil em 2014, segundo a consultoria App Annie. O segundo, terceiro e quarto colocados também são de Mark Zuckerberg. Na ordem, Facebook Messenger, Facebook (a rede social) e Instagram.
12. Estima-se que 80% dos smartphones no Brasil tenham um aplicativo do WhatsApp instalado.
13. Os usuários do WhatsApp trocam cerca de 30 bilhões de mensagens todos os dias.
14. Cada usuário checa, em média, 23 vezes por dia seu smartphone para ver mensagens no WhatsApp.
15. São mais de três horas por semana dedicadas ao aplicativo. Por dia, um usuário passa 27 minutos pendurado no app.
16. O tempo perdido por uma pessoa nascida nos anos 1980 usando o WhatsApp por uma semana equivale a todo tempo perdido na vida tentando abrir o plastiquinho que cobria os CDs (ok, essa estimava eu inventei).
17. É provável que, ao final de um mês, você tenha enviado cerca de 1 000 mensagens para seus amigos e parentes.
18. Apesar de toda a audiência, o WhatsApp ainda dá um prejuízo exorbitante para o Facebook. Nos primeiros seis meses pós aquisição, Zuckerberg perdeu US$ 232 milhões com o aplicativo.
19. Fora o Facebook, o WhatsApp causou impacto  negativo nas contas das operadoras de telefonia. Segundo um estudo da consultoria Teleco, o tempo total de ligação mensal dos brasileiros caiu de 140 minutos para 111 minutos no primeiro trimestre deste ano. O maior culpado? Ele mesmo, o “Whats”.
20. O Facebook estuda algumas formas de fazer dinheiro com seu aplicativo de US$ 22 bilhões. Uma das possibilidades seria transformá-lo numa carteira virtual. Além de mensagens, emoticons, fotos e vídeos, você também poderá enviar dinheiro a outro usuário. Seria o fim dos “DOCs”? Bom… pelo menos seria o fim da tática do “Depósito io iô”, aquele do “eu fiz, mas voltô”. 
Receba as novas postagens direto no seu e-mail

Deixe o seu comentário

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam. Ao comentar, marque a opção "Publicar também no Facebook" para que seu comentário apareça também em seu perfil, assim seus amigos poderão ver seu comentário.

Ilustração Renan Roque / Layout e Programação: Wanderson Alves

Layout e Programação: Wanderson Alves / Ilustração Renan Roque